acne-1080x675

A acne é uma das condições de pele mais frequentes que existe. Atinge cerca de 11 milhões de pessoas no Brasil.

Acne é o nome dado aos cravos e espinhas que surgem devido ao processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos.

Por isso, ela acomete áreas de maior concentração de glândulas sebáceas (face, tórax e parte superior das costas). A pele da face é a área que possui a maior concentração de glândulas sebáceas (900 glândulas sebáceas/cm²)!

Engana-se quem pensa que ela surge apenas entre os adolescentes (90% dos adolescentes têm acne), ela pode aparecer em todas as idades, sendo mais comum nas mulheres.

A chamada acne da mulher adulta surge ou se mantém após os 25 anos de idade.

Por que surge na mulher adulta?

Na mulher adulta, ela pode surgir na gestação, devido às alterações hormonais, ainda é comum em casos de síndrome do ovário policístico ou em distúrbios da glândula suprarrenal. Situações de estresse e uso de alguns medicamentos, como vitaminas do complexo B e corticoides, maquiagens a base de óleos, podem piorar ou desencadear o quadro.

Quando falamos em prevenção, começamos pela boa higienização da pele, remoção devida da maquiagem, até tratamentos em casa que auxiliam no controle de oleosidade.

É fundamental ter cuidado com os produtos usados, que devem ser específicos para cada tipo de pele.

Cuidados / Tratamentos:⠀⠀⠀

A pele com acne deve ser submetida à limpeza de pele com uma boa esteticista todo mês.

Além disso, em consultório temos outros tratamentos como o microagulhamento, peelings e lasers. Nos casos mais severos, medicações orais são indicadas para combater a inflamação.

Na parte alimentar, alguns estudos indicam que pessoas com dieta balanceada, com menos laticínios, açúcares, alimentos processados e gordura vegetal, apresentam melhora nos aspectos gerais da pele, em especial na prevenção e redução da acne.

Em muitos casos, é ainda necessário fazer acompanhamento com outros médicos, por exemplo, endocrinologistas e ginecologistas, para assim descobrir quais as origens precisas da acne.

Atenção:

Sempre bom reforçar: NÃO se deve espremer cravos e espinhas. Parece clichê, mas muita gente ainda comete esse erro, achando que vai ‘ajudar’ na cura. Pelo contrário, o processo inflamatório pode piorar e ainda deixar cicatrizes. Pior cenário, pois tratar a cicatriz é bem mais complicado. Outro ponto de atenção: existem muitos tratamentos caseiros na internet que podem só piorar a condição! Não se engane!

Quer tratar a acne? Consulte um médico dermatologista.

Conte comigo.

Dra. Natiara Magolbo