Blog-depilação.-1080x675

Para quem está em busca de um método definitivo de depilação, o laser costuma ser a opção mais ideal, mas esse tipo de procedimento pode ser feito no verão?

A depilação a laser elimina os pelos definitivamente e para que isso aconteça, é preciso destruir o bulbo, responsável pela produção de um novo pelo. O raio do laser tem como alvo a melanina, pigmento que dá cor ao pelo. A luz concentrada do laser é absorvida pelo pigmento da raiz aumentando o calor nessa região e consequentemente induzindo a morte do bulbo do folículo piloso, ou seja, o calor dos raios enfraquece e destrói os pelos, por atingir a melanina presente neles. Assim, o ideal é que tenha um contraste mais forte entre o pelo e a pele, para que o raio não atinja a melanina da pele e acabe a queimando.

De modo inevitável, no verão a pele fica bronzeada ou até mesmo pela maior intensidade dos raios solares nesta época do ano. Consequentemente os pelos também clareiam, o que acabam enfraquecendo o contraste entre os pelos e a pele. Por esta razão, o laser não reconhece a diferença e acaba queimando a pele e causando manchas difíceis de serem eliminadas.

Muitas vezes o tratamento começa no inverno, mesmo assim pode se estender até o verão. E para evitar complicações é sempre importante tomar cuidados os quais são essenciais para não causar danos à pele. É importante sempre se proteger do sol antes e depois do procedimento. Recomenda-se não se expor ao sol antes e depois, usar proteção solar com fator alto em todas as áreas depiladas é fundamental. Outros cuidados também são importantes como:

– Evitar o uso de cosméticos que irritam a pele;

– Usar produtos específicos para a região depilada, como calmantes e cicatrizantes;

– Evitar fazer outros procedimentos no local, nas semanas seguintes;

– Evitar o uso de roupas apertadas, pois causam atritos no local.

O sol torna-se inimigo para esse tipo de procedimento, é preciso tomar cuidados redobrado. Portanto, case opte por fazer depilação a laser no verão, recomenda-se não se expor ao sol. E quem estiver com a pele bronzeada, não pode de maneira alguma fazer a depilação a laser.

Consulte o dermatologista e faça uma avaliação! Procedimentos inadequados, principalmente no verão podem prejudicar a saúde da pele, causando manchas difíceis de tratar e queimaduras.