Dermato-2

Quando o assunto é beleza, as novidades são constantes. A mais recente é o uso de probióticos para os cuidados da pele.

Muito tem se falado sobre a relação das bactérias que vivem em nosso intestino e sua importância na regulação de processos metabólicos, nutricionais, fisiológicos e imunológicos. Desde o nascimento adquirimos a chamada microbiota, durante a vida sua composição aumenta e se diversifica. Mas para muitas doenças, vemos cada vez mais frequente correlação entre um desequilíbrio nesse sistema e surgimento de quadros como a acne, dermatite atópica e até mesmo a psoríase.

Muitas teorias estão sendo estudadas para explicar como as emoções (estresse) podem causar disfunção gastrointestinal.  A vida ocidental muito estressante associada a alimentação inadequada (rica em alimentos processados e pobre em fibras) causa alterações na microbiota intestinal, deste modo inicia-se uma cascata de ações que levam a perda do biofilme microbiano normal (Bifidobacterium), aumentando um processo inflamatório na pele, o que pode, por exemplo estar relacionado a acne nas mulheres adultas.

O uso dos probióticos orais ainda é considerado uma novidade na dermatologia, as cepas de probióticos ideias para cada doença dermatológica ainda carecem de estudos aprofundados, porém Lactobacillus acidophilus e Bifidobacterium lactis ajudam a equilibrar o microbioma, restabelecer a flora intestina e diminuir a inflamação sistêmica, por isso podem ser considerados coadjuvantes no cuidado com a acne.

E qual a relação entre os probióticos e a pele?

Não adianta comer os alimentos certos se o seu corpo não absorve os nutrientes corretamente, é daí que vem a importância dos probióticos. Para conquistar uma pele impecável aposte em alimentos que passaram por processos de fermentação, iogurtes e kefir, são ótimas alternativas por serem efetivos no combate às inflamações. Consumidos regularmente proporcionam uma série de benefícios, como melhora da digestão, fortalecimento da imunidade e ainda aumenta a absorção de nutrientes essenciais para a saúde da pele, como ferro, ômega 3 e vitaminas A e C.

Esses microrganismos, também estimulam a hidratação, a textura da pele, proporcionando uma pele saudável, viçosa e equilibrada.

Procure sempre o dermatologista, pois ele irá indicar a opção mais adequada à sua saúde e seu estilo de vida!