Blog_Rugas

Com o passar do tempo, é natural que haja um declínio da produção de substâncias essenciais para a estrutura da derme. É por essa perda que ocorrem as tão temidas rugas, vilãs da beleza. Esses sinais do envelhecimento podem assumir várias formas e para tratar o problema é importante saber o porquê surgem. Neste artigo, abordaremos especificamente sobre rugas estáticas e como elas se manifestam na pele.

As rugas estáticas são mais profundas e permanentes, ou seja, já marcaram a face de maneira definitiva e podem ser detectadas ainda que o rosto não esteja realizando movimento de expressão. Causadas pelo envelhecimento da pele e idade, já que com o passar do tempo há diminuição na síntese do colágeno e elastina, além da perda de ácido hialurônico e diminuição da capacidade regenerativa do tecido epitelial, o que leva um afinamento natural da pele, o que é mais comum em rostos maduros.

Costumo dizer as pacientes que a pele apresenta-se como um papel que é amassado todos os dias por nós quando realizados movimentos, expressões e até mesmo durante o sono, formando as “sleep lines”, ou seja rugas estáticas após anos dormindo na mesma posição.  Com o tempo não conseguimos mais alisar a pele, assim como o papel amassado diversas vezes, por isso é importante iniciar sua rotina de cuidados com o dermatologista a partir dos 25 anos de idade. Aplicar toxina botulínica para prevenção, evitar o tabagismo, realizar peeling e laser fracionados não ablativos anualmente, são tratamentos menos agressivos para prevenir danos futuros à sua pele.

Há vários fatores que causam as rugas estáticas, além do envelhecimento natural, temos os agentes externos, e o mais agressivo é a exposição solar intensa ao longo da vida, o que causa a elastose solar, que é o enrugamento e espessamento intenso da pele, rugas muito profundas, as estáticas. É um quadro difícil de se reverter, infelizmente quando chega a este ponto, os cremes são poucos resolutivos e tratamentos mais agressivos são necessários como por exemplo, o peeling de fenol ou diversas sessões de laser ablativos e fracionados como CO2. Essas opções causam uma agressão que irá promover o rejuvenescimento, em muitos casos em até 10 anos. Todavia é necessário esclarecer o tempo de recuperação é longo, requer cuidados, no geral pode demorar até 3 meses para cicatrização completa da pele.

O surgimento das marcas está bastante relacionado com o estilo de vida da pessoa. Isso porque as rugas, além de serem ocasionadas por fatores externos, também está relacionada com internos, estresse, privação do sono e pouca hidratação na pele.

Para combater os indícios de envelhecimento, é importante manter uma rotina de cuidados diários, removendo a maquiagem antes de dormir e lembrando sempre de hidratar e proteger a pele. Investir em produtos antioxidantes, como a vitamina c, abusar do filtro solar e em alguns casos ingerir protetor solar oral e colágeno. Além disso, o ácido hialurônico é outro ativo essencial para manter a hidratação da pele e combater o envelhecimento, contribuindo para a redução de rugas.

Na hora de escolher seus dermocosméticos e o tratamento correto, é importante lembrar que os produtos devem ser adequados para cada necessidade. Para isso, somente o médico dermatologista é o mais indicado para orientar e ter um resultado mais efetivo.